Alimentação Saudável, Natural Vida Saudável

Ora-pro-nóbis (Pereskia Aculeata Miller) – Benefícios e Plantio

Ora-pro-nóbis (Pereskia Aculeata Miller)
Fonte: https://novidadesaudavel.com.br/

Ora-pro-nóbis: Conheça a planta brasileira alimentícia não convencional recomendada como alternativa à Moringa

Postado por Everton Souza

Ora-pro-nóbis: Um superalimento Brasileiro rico em benefícios para a saúde

O Brasil é um país com dimensões continentais, ocupando impressionantes 8,5 milhões km² de território total (quase metade de toda a América do Sul). Devido a presença de inúmeras zonas climáticas, apresenta uma vasta riqueza de biodiversidade. A cada ano, são descobertas em média, 250 novas espécies de plantas, e hoje, temos em média 46.000 espécies catalogadas, das quais 43% são endêmicas do território nacional.

Muitas destas plantas têm uso medicinal e culinário já consagrados nas mais variadas regiões do país, porém com uma quantidade tão vasta quanto a encontrada por aqui, é normal que algumas ainda gerem dúvidas quanto sua aplicabilidade para a alimentação e saúde. Nos últimos anos, uma em especial tem chamado muito a atenção de cientistas e profissionais da saúde: a Pereskia Aculeata Mill.

Conhecida popularmente como lobrobô ou mais comumente como Ora-pro-nóbis, esta planta que se desenvolve em algumas regiões do Brasil, e que é muito utilizada na culinária mineira, possui propriedades e benefícios nutricionais fantásticos, a Ora-pro-nóbis pode contribuir diretamente para um organismo saudável e forte, ajudando a prevenir diversas doenças. Ela será o foco deste artigo, onde através da exposição de pesquisas e dados científicos iremos mostrar os potenciais e benefícios desta incrível planta.

  1. Ora-pro-nóbis

Ora-pro-nóbis é uma PANC: Conceito

Foto: Ora-pro-nóbis

Hoje ao redor do mundo, o desperdício de alimentos cresce a cada dia, e em contrapartida o número de pessoas que passam fome ou que estão sendo nutridas de maneira inadequada também é alarmante. Dentro da área nutricional muito se discute atualmente maneiras eficazes por novos meios de alimentar e nutrir de forma natural a população em geral.

Neste sentido, que as PANC’s, como a Ora-pro-nóbis, se inserem, uma vez que podem ser alternativas para uma alimentação balanceada e nutritiva. O termo que significa “Planta Alimentícia não Convencional” foi criado em 2008 pelo biólogo e professor Valdely Ferreira Kinupp e faz referência a um grupo de plantas que possuem uma ou mais partes comestíveis sendo elas espontâneas ou cultivadas, nativas ou exóticas e que muitas vezes não são utilizadas de forma tão comum na culinária.

A alimentação Panc se baseia na utilização de plantas alimentícias não convencionais, conhecidas como matos ou inços, são espécie de fácil cultivo em quintais e terrenos baldios. Essas plantas já foram bastante utilizadas pela população rural, mas na atual vivencia e procura por alimentos mais industrializados, acabaram caindo no desuso. (SILVA apud KINUPP, 2007; MARTINEVSKI, 2013).

As PANC’s como a Ora-pro-nóbis possuem grande importância ecológica, econômica, nutricional e cultural, que auxiliam uma melhor distribuição e produção de alimentos. A Ora-pro-nóbis possui grande importância como um alimento funcional, pois fornece ao nosso organismo vitaminas essenciais, compostos antioxidantes, fibras e  sais minerais, que nem sempre são fornecidos em grande quantidade em outros alimentos similares.

 

Origem da Ora-pro-nóbis

Foto: Ernani Mesquita

Pereskia Aculeata Mill, ou Ora-pro-nóbis, é uma planta que faz parte da família das Cactáceas e se desenvolve em algumas regiões do Brasil. Seu nome deriva do latim, e significa “rogai por nós”. Algumas histórias sobre a origem do nome, giram em torno de que a planta era colhida da casa de um padre, que rezava missas em latim.

“Ora-pro-nóbis é um tipo de planta trepadeira semilenhosa, cujos ramos podem atingir até 10m de altura na presença de uma planta-suporte próxima. Como planta isolada apresenta porte arbustivo; apresenta folha simples, simétrica, elíptica e de textura coriácea.” (SOUZA, 2013)

A Ora-pro-nóbis vem sendo usada desde então, de forma não convencional na culinária e também para ajudar a tratar de algumas doenças. Pouco se sabia até então sobre as propriedades desta planta, mas hoje, através de pesquisas, sabe-se que inúmeros benefícios podem ser obtidos através do uso da mesma.

Ora-pro-nóbis é originária das Américas, sendo nativa desde a Flórida até o Brasil, é da família das cactaceae perene de hábito apoiante com folhas suculentas. Os ramos apresentam espinhos que aparecem em trio. As flores são de tamanho médio, brancas ou amareladas conhecida pelo alto teor proteico o que lhe rendeu o nome popular de “carne do pobre”. (MARTINEVSKI, 2013)

Características Nutricionais Da Ora-pro-nóbis

Conheça outras características nutricionais da Ora-pro-nóbis

Aos longos dos anos, foram sendo descobertas e analisadas características da Ora-pro-nóbis que a tornam diferente e de qualquer outra PANC brasileira. Estudos demonstraram o potencial nutritivo da Ora-pro-nóbis,  em especial uma grande concentração de fibras e o seu valor proteico impressionantes.

Considerando que 100g de folhas de Pereskia aculeata Mill. possuem aproximadamente 20g de proteína bruta, parte do enriquecimento poderia ser suprida com a inserção de folhas dessa planta na dieta diária. Quando se comparam, em matéria seca, 100g das farinhas de ora-pro-nóbis com 100g dos feijões cozidos (preto e roxo), que são fontes de proteínas de origem vegetal, observa-se que as farinhas destas cactáceas apresentaram maiores teores proteicos comparados com outros vegetais considerados altos em relação a outras hortaliças não convencionais […] (RODRIGUES et al, apud TACO, 2006)

Desta forma, a planta Ora-pro-nóbis apresenta potencial como uma complementação alimentar, tanto para humanos quanto para animais, uma vez que além do alto valor proteico também apresenta uma enorme quantidade de fibras insolúveis (celulose, hemicelulose e lignina), ferro e baixo teor de lipídios.

[…] a recomendação proteica diária de um indivíduo adulto saudável é em torno de 0,8g/Kg de peso corpóreo. Considerando que 100g de folhas de Pereskia aculeata Mill possui aproximadamente 20g de proteína bruta, parte do requerimento poderia ser suprido com a inserção de folhas dessa planta na dieta diária. […] A ora-pro-nóbis possui um considerável teor de ferro, tanto na folha (140,36 ppm) quanto no caule (88,75 ppm) […] a necessidade diária de ferro para um homem adulto está em torno de 10 mg/dia e para mulheres adultas, essa necessidade é próxima a 15 mg/dia, devido aos ciclos menstruais. Nesse caso, a ora-pro-nóbis poderia contribuir com as necessidades diárias deste mineral, tanto para homens quanto para as mulheres. (KRAUSE, 2002).

Como Consumir a Ora-pro-nóbis

Outras dicas de consumo da Ora-pro-nóbis

A utilização da Ora-pro-nóbis é extremamente versátil e pode ser adaptada à alimentação de várias formas. As folhas podem ser utilizadas em saladas, refogados, omeletes, tortas além de ser utilizada para enriquecer massas para a preparação de bolos e pães. Muitas pessoas também utilizam sua mucilagem para substituir ovos nas preparações.

Utilizações muito disseminadas incluem o uso da Ora-pro-nóbis em pó em misturas como shakes, chás e sucos, ou o consumo de cápsulas de Ora-pro-nóbis como suplemento alimentar diário.

Estudos feitos com Ora-pro-nóbis mostram que ela possui 100% mais proteínas que o iogurte, 8 vezes mais cálcio que o leite, 4x mais potássio que a banana e 100% mais minerais e fibras que a moringa.

Diversos estudos mostram que a vitamina C, carotenóides, além da presença de fibras estão associados à redução de fatores de risco para a síndrome metabólica, diabetes e doenças cardiovasculares. A vitamina C e os carotenóides podem atuar como antioxidantes, reduzindo assim os efeitos de processos de radicais livres e inflamação no organismo. Assim a presença de antioxidantes presentes na OPN pode ser útil na prevenção de doenças crônicas (MARINELLI, 2016 apud DAHL, STEWARD, 2015; GREGORIO et al., 2015; COVARRUBIAS-PINTO et al., 2015).

Tabela comparativa de benefícios entre a Moringa e Ora-pro-nóbis

Benefícios Obtidos Pela Utilização De Ora-pro-nóbis

Atualmente, vivemos um novo momento e período de transição nutricional, onde passa a ser de extrema importância para os indivíduos uma maior preocupação com uma vida saudável, uma dieta balanceada e uma expectativa de vida maior. Isso estimula de certa forma o consumo de alimentos que possuam propriedades que visem melhorar e ajudar o indivíduo a encontrar o bem-estar.

Por conta de sua alta concentração de fibras, o consumo diário de Ora-pro-nóbis pode auxiliar no processo digestivo e intestinal. Possui qualidades anti-inflamatórias e grande presença de antioxidantes em sua composição que favorecem o fortalecimento do sistema imunológico.

De acordo com Barbalho et al (2016), ““Esta planta foi descrita como possuindo efeitos antiinflamatórios e antinociceptivos e compostos como isômeros de di-terc-butilfenol, triptamina, mescalina, petunidina, hordenina, abrina e quercetina foram identificados em suas folhas.”

Além disso, Ora-pro-nóbis pode ajudar a retardar o envelhecimento precoce, e favorece a saúde dos ossos, uma vez sendo rica também em cálcio. Apresenta também cadeia ramificada de aminoácidos (valina, leucina, isoleucina, etc.) e vitaminas A, B1, B2 e B3. Ora-pro-nóbis apresenta também propriedades terapêuticas que apresentam elevada ação na saúde humana, especialmente no tratamento de certos tipos de cânceres e doenças cardiovasculares.

Importância e Relevância Da Ora-pro-nóbis

Foto: Brooke Lark

A utilização de PANC’s na alimentaçãoé cada vez mais frequente e muito se fala sobre todos os benefícios à saúde que podem ser usufruídos através do uso destas plantas. O consumo de Ora-pro-nóbis é indicado para todas as faixas etárias, e, o resgate desse tipo de alimentação é muito importante pois não só valoriza a biodiversidade e cultura regionais, mas também pode ajudar a suprir as necessidades nutricionais dos indivíduos, pois são plantas de cultivo doméstico, que não necessitam de grandes demandas hídricas e possuem baixos índices de doenças e pragas.

De acordo com Barbalho et al (2016) a adição de Ora-pro-nóbis na alimentação diária e também na preparação de produtos industriais, por exemplo, poderia ser uma maneira conveniente e efetiva de levar até a população em geral produtos mais saudáveis e com teor nutritivos altos.

O governo brasileiro incentiva o consumo de hortaliças não convencionais, como forma de aproveitamento da biodiversidade brasileira e suprimento de necessidades nutricionais de forma viável a população, principalmente a de baixa renda. A Ora-pro-nóbis (Pereskia aculeata Miller) é uma hortaliça nativa brasileira que se propaga facilmente, cujo cultivo apresenta baixa incidência de doenças e de demanda hídrica. É viável para o cultivo doméstico, como fonte nutricional alternativa e de baixo custo, sendo uma hortaliça recomendada para o consumo diário na alimentação, nas formas crua e/ou processada. (QUEIROZ, et al, 2015).

O produto final de Ora-pro-nóbis pode ser encontrado na forma de pó, em cápsulas ou como chás de infusão, que são produzidos a partir das folhas de ora-pro-nóbis in natura, desidratadas e micronizadas.

Referências Bibliográficas

  • BARBALHO, Sandra Maria, GUIGUER, E´len Landgraf, MARINELLI, Paulo Sérgio, BUENO, Patrıcia Cincotto do Santos,SALZEDAS, Leticia Maria Pescinini, Mirele SANTOS, Cristine Batista dos, OSHIIWA, Marie, MENDES, Claudemir Gregório, MENEZES, Manoel Lima de, NICOLAU, Claudia Cristina Teixeira, OTOBONI, Alda Maria, GOULART, Ricardo de Alvares. Pereskia aculeata Miller Flour: Metabolic Effects and Composition. JOURNAL OF MEDICINAL FOOD J Med Food 19 (9) 2016, 890–894 # Mary Ann Liebert, Inc., and Korean Society of Food Science and Nutrition DOI: 10.1089/jmf.2016.0052
  • MAHAN, L. K. (ed). Krause: Alimentos, Nutrição & Dietoterapia,10 ed; São Paulo: Roca, 2002. p 63-67.
  • MARTINEVSKI, C.F. et.al. Utilização de Bertalha (Anredera Cordifolia (TEN.) Steenis) e ora-por-nobis (Pereskia aculeata Mill.) na elaboração de pães. Alim. Nutr.Braz.J. Food Nutr., Araraquara v.24, n.3, p.xx-xx, jul/set 2013.
  • MARINELLI, Paulo Sérgio, OLIVEIRA, Amabriane S., OTOBONI, Alda M.M.B, RODRIGUES, Sueli, TANAKA, Alice Y., Caracterização química e nutricional da farinha de ora-pro-nóbis (Pereskia aculeata Mill.)
  • MARINELLI, Paulo Sérgio. Farinhas de moringa (Moringa Oleifera Lam.) e ora-pro-nóbis (Pereskia aculeata Mill.): biomateriais funcionais / Paulo Sérgio Marinelli, 2016 59 f. : il.
  • SILVA, Rute de Araújo Gomes da. Alimentação PANC: Desmitificando ora-pro-nóbis. 17º Congresso Nacional de Iniciação Científica. Centro Universitário das Faculdades Metropolitanas Unidas.
  • SOUZA, Maria Regina de Miranda, Ora-pro-nobis (Pereskia aculeata Mill.) como alternativa promissora para produção de proteína: densidade de plantio e adubação nitrogenada / Maria Regina de Miranda Souza. – Viçosa, MG, 2013. x, 89 f. : il. (algumas color.) ; 29 cm.
  • QUEIROZZ, Carla Regina Amorim dos Anjos, FERREIRA, Laís, GOMES, Luciany Braga de Paiva, MELO, Cláudia Maria Tomás, ANDRADE, Reginaldo Rodrigues de.Ora-pro-nóbis em uso alimentar humano: percepção sensorial.Revista Verde (Pombal – PB – Brasil) v. 10, n.3, p 01 – 05, jul-set, 2015

Ora-pro-nobis

Ora-pro-nobis (Pereskia aculeata), apesar de entrar na lista das PANCS mais requisitadas há poucos anos, no estado de Minas Gerais sempre foi utilizada como alimento.

O sucesso dessa planta na cozinha se deve ao seu sabor e aos seus nutrientes, fazendo bem a nossa saúde, possibilitando pratos deliciosos e ainda cumprindo papel fitoterápico.

A Ora-pro-nobis é uma planta muito usada como cerca viva e como item de decoração.

O seu uso como alimento é recente no restante do país, como mencionado.

A Ora-pro-nobis pode ser usada quase em sua totalidade na culinária.

Propriedades nutricionais e usos fitoterápicos da Ora-pro-nobis

A Ora-pro-nobis é uma planta riquíssima em nutrientes, como:

  • Proteínas (representa mais de 30% da sua composição);
  • Vitamina C;
  • Magnésio;
  • Cálcio;
  • Manganês;
  • Ferro;
  • Fibras; entre outros.

Além de nutrir o nosso organismo com essas propriedades, o consumo da Ora-pro-nobis proporciona:

  • Cicatrização de ferimentos;
  • Prevenção da prisão de ventre;
  • Ação anti-inflamatória em geral;
  • Aceleração da formação do colágeno, ajudando na beleza da pele, unhas e cabelos;
  • Evita a desnutrição;
  • Fortalece os ossos, etc.

VEJA MAIS4 receitinhas com ora-pro-nobis

Ora-pro-nobis na cozinha

A Ora-pro-nobis é uma PANC famosa, pois pode ser usada em receitas e também como farinha, na produção de pães e massas em geral.

Ainda, dá uma coloração natural esverdeada muito vistosa aos pratos.

Como já citado, todas as partes dessa PANC tem utilidades, como:

– Folhas e brotos: Broto: são ricos em fibras e podem costumam servir de ingredientes para refogados, recheios de pratos salgados, empanados e outros.

2 – Flores: são comestíveis e podem decorar ou mesmo dar um sabor levemente cítrico aos pratos. Pode também ser usada em sucos.

3 – Frutos: os pequenos frutos da Ora-pro-nobis costumam ser usado para a preparação de licores, geleias, compotas.

Receitas com Ora-pro-nobis

1 – Chá de Ora-pro-nobis

Ingredientes

  • ½ xícara de chá de folhas de Ora-pro-nobis;
  • 300 ml de água.

Modo de preparo

  1. Leve a água do fogo e quando começar esquentar, adicione as folhas.
  2. Deixe fervendo por uns 2 minutos.
  3. Retire do fogo e tampe a infusão por 5 minutos.
  4. Deixe amornar, coe e beba em seguida.

2 – Escondidinho de frango com Ora-pro-nobis

Ingredientes

  • 300 g de peito de frango desossado;
  • 200 g de Ora-pro-nobis picada (folhas e/ou brotos);
  • 1 dente de alho;
  • Azeite de oliva para refogar;
  • 1 copo americano de fubá de milho;
  • Água;
  • 1 dose de cachaça;
  • 150 g de queijo ralado;
  • 1 colher de sobremesa de manteiga;
  • Sal e pimenta a gosto.

Modo de preparo

  1. Tempere peito de frango com sal e alho.
  2. Leve ao fogo até dourar.
  3. Flambe o frango com 1 dose de cachaça, despejando a bebida de longe.
  4. Agora, adicione a Ora-pro-nobis. Reserve.
  5. Prepare o angu com o fubá de milho e 200 ml de água quente.
  6. Leve os 2 ingredientes acima ao fogo e vá mexendo sem parar até ferver e obter um creme grosso.
  7. Adicione ao angu o queijo ralado e a manteiga, mexendo até formar um creme homogêneo.
  8. Reserve.
  9. Unte um recipiente adequado com azeite.
  10. Vá montando camadas intercaladas de angu com o frango com a Ora-pro-nobis.
  11. Salpique queijo ralado por cima.

3 – Bolinho de flor de Ora-pro-nobis

Ingredientes

  • 15 flores de Ora-pro-nobis;
  • 1 ovo;
  • 2 xícaras de chá de farinha de trigo;
  • 1 colher de café de fermento em pó;
  • 100 ml de água;
  • Óleo para fritar;
  • Cheio verde, sal e pimenta a gosto.
  1. Pique as flores de Ora-pro-nobis e misture-as com todos os outros ingredientes (com exceção do óleo).
  2. Faça bolinhos com a massa, usando uma colher grande.
  3. Coloque os bolinhos para fritar em óleo quente.
  4. Não coloque muitos bolinhos de uma só vez, para não misturar e grudar um no outro.

4 – Máscara hidratante para o cabelo com Ora-pro-nobis

Ingredientes

  • 8 folhas de Ora-pro-nobis;
  • 3 colheres do seu creme de hidratação preferido;
  • ½  xícara de café de água.

Modo de preparo

  1. Amasse as folhas de Ora-pro-nobis com um socador, juntamente com a água.
  2. Peneire a mistura acima e despreze as folhas.
  3. Misture a água obtida das folhas do O com o creme de hidratação capilar.
  4. Aplique a mascara no comprimento dos fios (não passa na raiz), a cada mecha, massageando.
  5. Deixe repousar por 20 minutos.
  6. Lave os cabelos normalmente.
  7. Repita o procedimento 1 ou 2 vezes por semana.

Curiosidade!

Na cidade mineira de Sabará, há um festival dedicado especialmente a Ora-pro-nobis.

O evento ocorre há mais de 2 décadas, no mês de maio.

Milhares de pessoas passam pelo festival, onde há atrações culturais e mais de 100 pratos que levam a Ora-pro-nobis como ingrediente.

 

CHÁ DE ORA-PRO-NÓBIS

INGREDIENTES:

  • 2 colheres de chá de ora-pro-nóbis desidratada em pó;
  • 300 ml de água.

MODO DE PREPARO:

  1. Ferva a água, acrescente a ora-pro-nóbis e faça uma infusão, tampando por alguns minutos;
  2. Adoce a gosto.

2. SUCO VERDE DE ORA-PRO-NÓBIS COM SPIRULINA

INGREDIENTES:

  • 4 maçãs;
  • 200 ml de água;
  • 6 folhas de azedinha;
  • 8 folhas de ora-pro-nóbis;
  • 1 colher de café de gengibre fresco;
  • 4 cápsulas de Spirulina da Ocean Drop.

MODO DE PREPARO:

  1. Bata todos os ingredientes no liquidificador;
  2. Coe ou passe por uma peneira.
AINDA NÃO SABE O QUE É SPIRULINA? ESSE SUPERALIMENTO JÁ FOI CONSIDERADO “O MELHOR ALIMENTO PARA O FUTURO” PELA ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DE SAÚDE! ASSIM COMO A ORA-PRO-NÓBIS, A SPIRULINA É EXTREMAMENTE RICA EM PROTEÍNA VEGETAL!

3. MÁSCARA DE HIDRATAÇÃO PARA O CABELO

INGREDIENTES:

  • 8 folhas de ora-pro-nóbis;
  • 5 colheres de água filtrada;
  • 3 colheres de creme de hidratação.

MODO DE PREPARO:

  1. Junte as folhas e a água filtrada e amasse com um socador até liberar todo o suco da ora-pro-nóbis;
  2. Em seguida, passe em uma peneira para separar os resíduos do suco;
  3. Faça uma mistura com o suco e uma máscara ou creme de hidratação.

ORA-PRO-NÓBIS: EFEITOS COLATERAIS E CONTRAINDICAÇÕES

Não foram encontrados efeitos colaterais com o uso dessa planta, não havendo, portanto, contraindicações. Contudo, é recomendado consumir a planta com moderação.

Fonte: Embrapa

Como plantar Ora-pro-nóbis 

O Ora-pro-nóbis (pereskia aculeata Miller), que em português significa “Rogai por nós”, é uma difícil frase em latim e, por isso, pode ser comum encontrar derivações como, lobrobó ou orabrobó, principalmente por agricultores de Minas Gerais, onde a planta é muito difundida na culinária local.

Repleta de flores, o Ora-pro-nóbis deixa qualquer ambiente mais bonito. Perfumadas, pequenas, brancas com miolo alaranjado e ricas em pólen e néctar, as flores brotam na ora-pro-nóbis de janeiro a abril. De junho a julho, ocorre a produção de frutos em bagas amarelas e redondas.

O Ora-pro-nobis já foi considerado apenas como uma moita espinhenta, boa para cercas. Mas ganhou fama e nobreza. Suas folhas e flores são comestíveis e vêm sendo utilizadas com maior frequência na culinária mineira. Oferece múltiplos benefícios ao ser humano possuindo, inclusive, alto nível de proteínas e ferro. As folhas, secas ou moídas, são usadas em diferentes receitas, especialmente em sopas, omeletes, tortas e refogados. Muitos preferem consumi-las cruas em saladas, acompanhando o prato principal, enquanto outros as usam como mistura para enriquecer farinha, massas e pães em geral. Na medicina popular, elas são indicadas para aliviar processos inflamatórios e na recuperação da pele em casos de queimadura.

De fácil manejo e adaptação a diferentes climas e tipos de solo, produtiva e nutritiva, a Ora-pro-nóbis é uma boa alternativa para produtores iniciantes no cultivo de hortaliças, além de poder ser plantada em quintais e jardins de residências.

Na idade adulta, sua estrutura em forma de arbusto, torna-se uma excelente cerca viva, tanto para ser usada como quebra-vento quanto como barreira contra predadores. A existência de espinhos pontiagudos nos ramos inibe o avanço de invasores.

Como plantar Ora-pro-nóbis


– Onde se planta, nasce e quando cresce serve de proteção e alimento.

– A variedade mais indicada para cultivo é a que produz flores brancas. Elas podem ser fornecidas por órgãos de extensão rural ou em feiras de produtores.

– Sua rusticidade permite que seja cultivada em diversos tipos de solo, inclusive não exige que eles sejam férteis. A Ora-pro-nóbis também se desenvolve em ambientes com incidência de sol ou meia-sombra.

– Inicie o plantio no começo do período das chuvas. A hortaliça é resistente à seca, mas o acesso à água nessa fase do cultivo estimula o crescimento dos ramos.

– A Ora-pro-nóbis é propagada por meio de estacas. Para conseguir melhor pegamento das mudas, use a região localizada entre as partes mais tenras e as mais lenhosas da haste. Corte cada estaca com 20 centímetros de comprimento e enterre um terço dele em substrato composto por uma parte de terra de subsolo e outra de esterco curtido.

– Após o enraizamento, transplante as mudas para o local definitivo.

– O espaçamento varia de acordo com a finalidade do cultivo. A Ora-pro-nóbis pode ser usada como cerca viva, ornamentação e para consumo das folhas. Se a prioridade for o alimento, pode-se adensar o espaçamento, deixando de 1 a 1,30 metro entre fileiras e de 40 a 60 centímetros entre plantas. Mas as folhas podem ser consumidas em qualquer caso, mesmo se a destinação tiver fins ornamentais ou a construção de cerca viva.

– Embora seja pouco exigente em adubações, mantenha bom nível de matéria orgânica no solo para um pleno desenvolvimento das plantas e boa produção de folhas.

– Faça manutenção a cada dois meses e execute podas dos ramos a cada 75 a 90 dias na estação chuvosa e a cada 90 a 100 dias na estação seca, quando a planta deve ser irrigada.

– A partir de três meses após o plantio, pode ser iniciada a colheita das folhas da Ora-pro-nóbis, após a poda dos galhos. As folhas devem apresentar de 7 a 10 centímetros de comprimento. Coloque luvas para a hora da coleta, a fim de evitar ferimentos pelos espinhos. Em geral, cada corte rende entre 2.500 e 5.000 quilos de folhas por hectare, variação que ocorre de acordo com a condução e a época de desenvolvimento da cultura.

fonte:CPT

Descrição Botânica: cactácea perene de hábito apoiante e com folhas suculentas. Os ramos apresentam espinhos que aparecem em trio. As fl ores são de tamanho médio, brancas ou amareladas.

Propriedades: as folhas possuem cerca de 25% de proteínas (peso seco), das quais 85% acham-se numa forma digestí vel, facilmente aproveitável pelo organismo e muito indicada para dietas vegetarianas. Possui ainda vitaminas A, B e principalmente C, além e cálcio, fósforo e quanti dade considerável de ferro, ajudando no combate a anemias.

Usos: come-se as folhas, frutos e fl ores, cruas ou cozidas. As folhas podem ser usadas em saladas, refogados, sopas, omeletes ou tortas, além de enriquecer pães, bolos, massas. Sua mucilagem pode substi tuir o ovo nas preparações. Os frutos podem ser usados para sucos, geleias, mousse e licor. As sementes podem ser germinadas para produzir brotos. As flores jovens podem ser usadas em saladas, salteadas puras ou com carnes e em omelete.

Distribuição, Ecologia e Manejo: nativa das matas do RS e várias partes do Brasil (sul, sudeste) e várias partes da América Tropical. Muito facilmente propagada por estaca ou sementes. Adapta-se bem a ambientes quentes e secos.

Bibliografia:

www.cpt.com.br

Marília Elisa Becker Kelen et al. Plantas alimentícias não convencionais (PANCs):hortaliças espontâneas e nativas. 1. ed. Porto Alegre : UFRGS, 2015. 44 p.

Cultivo de Ora-pro-nóbis (Pereskia) em Plantio Adensado sob Manejo de Colheitas Sucessivas. Circular Técnica. Brasília: Embrapa. 2016.

Fonte:: https://www.ambienteporinteiro.com

Sistema de produção de ora-pro-nóbis

imagemFoto: BENCHEKCHOU, Zineb

A ora-pro-nóbis (Pereskia aculeata Mill.), hortaliça não-convencional (PANC) tem um uso tradicional significativo em algumas regiões de Minas Gerais e Goiás, especialmente nas cidades históricas coloniais, sendo muito utilizada em pratos com carne e frango. Essa PANC vem se tornando conhecida como “carne verde” ou “carne vegetal” por apresentar um elevado teor de proteína e minerais, especialmente cálcio e ferro.

Apesar de elevada rusticidade e produção, riqueza nutricional e paladar único, elevada valorização na culinária desde a comida caipira e regional até a mais alta gastronomia, a espécie ainda é pouco utilizada e seu potencial alimentar é subexplorado, seja na forma in natura ou processada (desidratada e moída) como matéria-prima para a indústria, possivelmente devido ao delicado manuseio, na colheita, pela presença de acúleos e espinhos, que a planta possui em seu caule e galhos.

Com o crescente interesse da industria alimenticea pelo uso de ora-pro-nóbis como matéria-prima para o preparod e diversos produtos e também pela demanda de nichos de mercado, como o de produtos orgânicos e agroecológicos, a Embrapa Hortaliças aprimorou o sistema de produçã, mediante boas práticas agrícolas visando o cultivo sustentável, baseado em espaçamentos duplos de plantio, que permitiram o adensamento e com isso um maior número de plantas por hectare e, com manejo sucessivo de podas, possibilitando a colheita dos ramos antes que estes desenvolvam espinhos, sem projuizo à saude do agricultor. Outra fr

O espaçamento usual é de 0,4 a 0,6 m entre plantas e de 1 a 1,3 em linhas simples. Porém, o estudo desenvolvido mostrou que, o plantio em linhas duplas com 02 possibilidades de espaçamentos entre plantas, 1 m e 1,25 m, por 1 m entre linhas simples e 2,5 m entre linhas duplas, com populações finais de 4.571 e 5.714 plantas por hectare, permitem o manejo de podas sucessivas, a cada 6 a 10 semanas, a depender das condições climáticas. A produção pode atingir de 1 a 2 kg de folhas por planta a cada corte, com 4 a 8 cortes por ano, o que equivale a 20 a 40 toneladas por hectare ao ano.

Além de informações sobre o espaçamento e o manejo de podas, o sistema de produção de ora-pro-nóbis traz informações sobre a produção de mudas, adubação e irrigação, manejo de pragas e doenças, dentre outros tratos culturais.

 

 

Similar Posts