O Poder Real da Natureza Uncategorized

Sálvia Branca / Salvia Apiana – uma planta poderosa

Sálvia Branca – uma planta poderosa 

https://www.mariahelena.pt

Resultado de imagem para Salvia apianaCada vez mais pessoas se renderam aos poderes da Sálvia branca, uma planta usada há vários séculos pelas tribos índias norte-americanas pelo seu extraordinário poder de limpeza energética, de atrair a cura e a proteção. Para os índios era sagrada, para os árabes é considerada a planta da imortalidade. A Sálvia Branca e a Salva comum são duas variantes de uma planta que parece ter estranhos poderes mágicos.

É essencial arejar diariamente a sua casa para se libertar de bactérias que proliferam em espaços fechados e para renovar as energias do espaço. Por esse motivo, deve abrir todas as janelas de sua casa todos os dias, logo pela manhã, nem que seja apenas durante 5 minutos, para que o ar circule e se renove. Mas de vez em quando é aconselhável fazer um ritual de limpeza, que traga boas energias para o ambiente e anule as energias negativas. Um dos métodos mais eficazes de o fazer consiste em queimar Sálvia branca, uma planta usada pelos índios norte-americanos nos seus rituais de purificação, considerada sagrada devido aos extraordinários poderes que lhe atribuíam.

A Sálvia Branca é diferente da Salva comum, sendo a primeira proveniente da Califórnia e a segunda originária do Mediterrâneo. Ambas são muito eficazes, sendo a Sálvia branca especialmente usada para defumação e a Salva comum usada como tempero e remédio natural, em chás e mezinhas, embora também possa ser queimada. Em Portugal é mais fácil encontrar a Salva comum. O nome Salva ou Sálvia deriva do Latim salus, que significa “saúde” e salvea, que significa “salvação”. 

Salvia apiana 4.jpg

Os índios usavam a Sálvia Branca, considerada sagrada, para afastar os maus espíritos e as energias negativas, assim como para atrair a saúde, a prosperidade e a proteção. Como acreditam que cada planta possui uma centelha do espírito do Criador, acreditam que a Sálvia branca tem um “espírito” dedicado a atrair proteção, bênçãos e clareza mental. Em alguns rituais, atiravam um ramo de Sálvia branca para o lume para purificar o próprio fogo.

Desde as civilizações antigas que a Salva comum é usada pelas suas reconhecidas propriedades curativas, sendo reconhecidos os seus efeitos como antibiótico, antifúngico, anti-espasmódico, entre outros, e por isso é um componente usado em vários medicamentos. Os árabes consideravam-na a planta da imortalidade. Para os Romanos esta planta ajudava a fazer a digestão e purificava o ar, pelo que a queimavam nos lugares onde estavam pessoas doentes, porque se acreditava que esta planta atraía a cura. Na Idade Média reinava a crença que mastigar três folhinhas de Salva logo de manhã afastava os maus espíritos e trazia sorte. 

Esta planta é de tal modo importante em várias culturas que foram feitos estudos científicos recentes, através dos quais se chegou à conclusão que queimar Salva ajuda a eliminar cerca de 94% das bactérias existentes no ar, sendo seguro fazê-lo mesmo num ambiente onde haja crianças ou animais de estimação (sendo que, claro está, ninguém deve inalar diretamente o fumo).

Como usar a Salva e a Sálvia Branca para defumação?

Pode adquirir Salva já seca ou pode tê-la plantada e colhê-la ainda verde para que, depois de seca, possa prender um ramo com fio de forma a fazer uma espécie de “tocha”. A Sálvia Branca é hoje em dia já vendida em tochas preparadas, que podem ser adquiridas em lojas esotéricas.

Deita-se fogo às extremidades das folhas e apaga-se logo de seguida. Percorre-se toda a casa para que o fumo entre em todas as divisões, com especial cuidado se usar uma tocha. Embora este seja o método tradicional, pode também colocar Salva seca ou Sálvia branca num queimador, deitar-lhe fogo, e proceder à limpeza energética de sua casa de uma forma mais segura e cómoda. Desta forma, estará a purificar as energias do espaço onde vive, ao mesmo tempo que elimina bactérias sem recorrer a produtos químicos.

Percorra cada divisão detendo-se especialmente nos cantos. Desenhe pequenas espirais de fumo em cada canto de cada divisão. Sempre que passar por uma janela, defume os quatro cantos da janela também. Quando tiver defumado os quatro cantos de cada divisão dirija-se ao centro da mesma, eleve a tocha de Sálvia ou o queimador à altura do seu peito e deixe que o fumo purifique o centro da divisão.

A Salva e a Sálvia branca têm o poder de equilibrar a sua energia pessoal, elevando-a quando se sente mais em baixo. Por isso, queimar salva ao chegar a casa depois de um dia especialmente cansativo pode trazer-lhe resultados bastante benéficos.
Se tiver algumas folhas de Salva fresca pode simplesmente esfregá-las entre os seus dedos, e irá libertar-se um aroma purificador, que o ajudará a ter mais clareza mental e a libertar a sua mente de pensamentos negativos.

Queimar esta planta ajuda a pessoa a libertar-se de velhos padrões de comportamento que já não lhe servem, pois eleva a sua vibração energética e a sua clareza mental.

Ao usar Salva em qualquer ritual, ela irá aumentar o poder de limpeza e de proteção desse ritual.

Muito importante:

Não apague a Salva (ou Sálvia branca). Segundo as crenças antigas, a Salva possui um “espírito” e sabe quando deve apagar-se, de forma a limpar uma divisão convenientemente. Se a tocha de salva se apagar, não volte a reacendê-la nessa divisão. Não precisa de estar sempre a percorrer a sua casa com a tocha de Salva na mão, coloque-a num queimador que seja adequado para esse efeito e deixe-a arder por si só. É natural que note que, de vez em quando, o fumo se desloca para algum canto especial da divisão – é aí que é necessário fazer uma limpeza mais profunda e é isso que a Salva está a fazer.

Mantenha as janelas fechadas enquanto está a queimar a Salva.

Expresse a intenção com que está a usá-la. Devido ao seu forte poder de limpeza e purificação, é importante que honre devidamente esta planta e que, enquanto defuma a sua casa, ou o seu próprio campo energético, com ela, expresse manifestamente aquilo que está a fazer, dizendo por exemplo: “Estou a limpar a minha casa de todas as energias que não me fazem bem, e que são agora enviadas para a Luz Divina. A energia do Bem e do amor reinam agora neste lugar. Este é o meu lugar sagrado, e apenas o Bem permanece aqui.”

Salvia branca = Salvia Apiana

Resultado de imagem para Salvia apiana

Salvia Branca

Fonte: 13ª Tribo Nospow-RaizesdeMagia-Xamanismo

Nome Científico: Salvia apiana
Nomes Comuns: Salvia Branca, Salvia Sagrada, Shkodawabuk, White Sage, Sacred White Sage, Holy Sage…

Nas montanhas semi-áridas da Califórnia cresce um tipo especial de Salvia, que é altamente reverenciada pelos índios norte-americanos. Para finalidades espirituais e medicinais, a Salvia Branca é uma poderosa erva.

A palavra salvia vem do latim, ”salvea” que significa salvação. A Salvia Branca não gosta de lugares frescos que tenham sombras, ela prefere crescer em locais onde o sol e o calor sejam intenso, aproximadamente 50 graus.

Enquando outras plantas morrem neste calor extremo, a Salvia Branca absorve a energia do sol para criar os óleos essenciais que mantêm suas folhas flexíveis e vivas por causa da quantidade abundante de óleos essenciais produzido.

A Salvia Branca é ótima para se queimar como incenso. Os índios norte-americanos dizem que a fumaça da Salvia Branca não é só para purificar o corpo, mas lugares e objetos pessoais. Por esta razão ela é sagrada para muitas tribos. Algumas tribos colocam pedaços da Salvia Branca na fogueira na convicção que a planta purifique o próprio fogo. Em algumas cerimônias do Índios Dakota, um galho de Salvia Branca é colocado atrás da orelha para que os espíritos possam reconhece-los.

” Em cada planta habita um espírito (elemental) em que o Grande Criador deposita uma parcela de sua infinita sabedoria. E a Salvia Sagrada foi presenteada com o poder da purificação e a força da luz.”

”Certas plantas e ervas possuem um lugar, um propósito e funções específicos na Terra: curar.

Para atingir eficácia nas curas nós seres humanos, devemos começar a admitir o fato de que a totalidade da planta deve ser empregada no tratamento, tanto suas propriedades físicas quanto espirituais…..A parte física da planta opera no corpo físico e ao passo que a essência espiritual da planta trabalha com o espírito……” (Médico Urso Pardo do Lago – O Curandeiro Nativo Norte Americano, 1991, p.170 )

Sugestões de Uso:
Limpeza Pessoal

”A Salvia Branca queimada pode ser usada para promover uma renovação de nossas energias. Este processo é de grande ajuda principalmente em épocas de grande mudanças em nossas vidas, em que podemos acabar intoxicados pelas energias estagnadas oriundas de padrões de pensamentos e sentimentos já ultrapassados. A Salvia tem o poder de remover estas forças , purificar nossos campos energéticos trazendo a clareza e a força para continuarmos firmes em nossa caminhada.”

Peça a alguém para passar a fumaça da Salvia em seu corpo, na parte da frente e de trás. Não se esqueça do alto da cabeça e de seus pés. Se você não tiver alguém, para se defumar passe a Sálvia ao seu redor o tanto que você puder fazer. Respire profundamente com calma e respeito a você e ao Espirito da Salvia Branca e a observe a mudança de energia em você. Sinta a diferença energética.

Antes de dormir, queime algumas folhas de Salvia Branca para afastar as energias negativas do stress físico e emocional do dia a dia. Para um sono tranquilo e calmo, queime apenas uma folha da Salvia Branca e lembre-se de queimar com cuidado, em um recipiente seguro. Lembre-se que queremos a fumaça, não o fogo.
Limpezas de espaços (ambientes de trabalho, salas de reuniões e etc)

Queimar Salvia é muito bom e maravilhoso para dar boas vindas a amigos, a grupos e pessoas queridas.
Comece a fazer a limpeza na parte de trás da sala, caminhe ao longo de cada parede e defume o mais alto que você possa alcançar e então cruze o centro da sala e deixe a fumaça subir em seu próprio ritmo. Enquanto você caminha, peça ao seu anjo da guarda, ao seu mestre, enfim, ao Grande Espírito que as energias positivas possam entrar em seu espaço sagrado e que o grupo seja abençoado com esta experiência. Dê as boas vindas, então, a cada pessoa que entrar nesse espaço, como descrito acima na limpeza energética pessoal.

OBS: Tome cuidado com as fuligens da Salvia: elas podem queimar carpetes, cortinas etc…

Para limpeza de sua casa:

Para limpar e abençoar sua casa ou apartamento, use uma poção generosa de Sálvia Branca para defumar. Abra a porta da frente . Vá para a parte de trás da casa e comece a limpar os quartos. Não se esqueça dos cantos das paredes. Entre e defume cada quarto, banheiros, armários, área de serviço, cozinha… enfim, todas as partes da casa. Quando você chegar na porta da frente, diga estas palavras:

“Esta casa está abençoada com pensamentos elevados, para felicidade e prosperidade de todos que aqui vivem. Que todos que aqui vierem possam ser abençoados de alguma maneira e possam receber amor e carinho.”

Então, coloque a Salvia na parte da frente da entrada da casa, deixe-a queimando por alguns instantes, limpando e abençoando sua casa.

Cachimbo Sagrado (Chanupa)

”Pode ser picada e misturada ao fumo de sua preferência. A Salvia ao ser ultilizada em cerimônias com o Cachimbo Sagrado para cura ou mesmo conexão com a espiritualidade, tem os efeitos do fumo potencializados pois a Salvia promove uma grande abertura de consciência.”

OBS: Cabe ressaltar que o uso do Tabaco deve ser utilizado da forma correta, sem tragar, e dentro de um ritual sério e respeitoso, assim será capaz de levar ao contato com o Grande Espírito, funcionando exatamente como uma oração.

A salvia Branca (salvia apiana) sempre foi uma erva sagrada para os índios norte americanos, ela cresce de maneira selvagem no oeste americano. Ela de fato tem um poder purificador e de limpeza magnífico.

O xamanismo é uma prática holística, quântica, lida com o mundo das vibrações, com o mundo da causa.

Visto que a consagrada e simples fórmula E=MC2 , fórmula clássica de Einstein, consagrando assim o caráter visionário dessa medicina arcaica e ao mesmo tempo tão futurista.

É uma grande medicina xamã direcionar a fumaça da Salvia Branca nos pontos de força (chakras), limpando assim as energias negativas da aura (vibrações mais pesadas). Os centro de força são antenas receptoras e emissoras de vibrações (pensamentos, emoções, etc…)

A Sálvia Branca é uma planta sagrada para os índios norte-americanos que cresce de maneira selvagem nos desertos do oeste dos Estados Unidos até o Novo México.

Seu poder de limpeza e purificação é enorme! Queimar uma única folha de Sálvia Branca perfuma o ambiente com seu aroma único, trazendo uma sensação de bem estar, paz, energia e alegria.

FORMAS DE USO:

Com formas variadas de uso, pode ser queimada juntamente com o tabaco no cachimbo sagrado (cachimbo da paz), mas a forma mais tradicional é utilizar uma concha marinha (preferencialmente uma Abalone, mas qualquer concha tem o mesmo significado simbólico) como recipiente para o incenso, onde a concha representa o elemental da água, a Salvia e sua fumaça representam o vento, a brasa representa o fogo, e o homem representa a terra, que unem-se para formar o quinto elemento, o espírito.

Geralmente suas folhas e talos são enrolados fazendo-se “bastões de defumação” (smudges), que propiciam uma defumação mais intensa, de queima lenta e prolongada, fácil de manusear. Cada bastão rende várias utilizações pois seu aroma é intenso e as folhas são grossas.

APLICAÇÕES:
É utilizada para purificar locais sagrados e em várias cerimônias religiosas indígenas, como a tenda de suor, rodas de tambores, rodas de cura, rituais xamânicos de purificação e energização, entre outras.
Na forma de chá, segundo as várias etnias que a utilizam acreditam, oferece purificação ao organismo e renova o sistema gastrointestinal.

Entre os indígenas acredita-se que ela serve para proteção, para desfazer trabalhos negativos e afastar más energias, regenerando o equilíbrio essencial e purificando o corpo, a mente e o espírito, repelindo energias intrusas e maus espíritos.
Está relacionada com a aquisição de poder, discernimento e sabedoria.

CURIOSIDADES:

Os nativos norte-americanos a chamam de “Shkodawabuk”, e tem entre eles um significado equivalente ao do Palo Santo para os índígenas latino Americanos.

A Salvia Branca é a única medicina indígena cerimonial cujo uso é permitido quando as mulheres estão em seu “tempo de lua” (menstruação). É uma medicina holística que, assim como o cedro, está associada ao feminino, à suavidade e à pureza de espírito.

CONTRA INDICAÇÕES:
Pode ser abortiva, portanto não deve ser utilizada na forma de chá para ingestão por mulheres gestantes. O uso como incenso não tem contra-indicações.

Ritual com Salvia Branca

Salvia Branca – Purificação e bem-estar

O nome Salvia Branca deriva do latim “salvia” que significa curar.
Daí vem o uso mais antigo e tradicional da Salvia Branca que é o de curar purificando as pessoas, objetos e ambientes, através da sua poderosa fumaça.

Essa planta vem sendo usada por diversos povos em diferentes épocas, como entre os sacerdotes Wicca e os nativos norte-americanos.

Queimar Salvia Branca purifica, limpa e eleva pessoas, grupos de pessoas, ambientes e espaços como a sua casa.

Sentimos nossa energia mais leve, o nosso ambiente limpo e fluindo onde a paz e harmonia envolvem o momento da defumação.

O ritual para usar a Salvia Branca pode ser um processo elaborado de invocações, assim como pode ser bem simples, desde que sua intenção foque bem clara antes de começar a defumação.

Por exemplo, se você está queimando Salvia para purificar um espaço ou uma pessoa (até você mesmo), então isto deve ser claramente mentalizado antes de iniciar o processo.

Após acender o maço ou algumas folhas de Salvia Branca, caminhe lentamente em torno de si para se purificar e em seguida leve a fumaça para o ambiente ao redor, focando principalmente em áreas como portas e cantos do comodo que você gostaria de limpar energeticamente.

O mais importante neste momento é usar a sua intuição!

Alguns cuidados durante a defumação para que você se sinta bem:
não respire a fumaça diretamente e após o término do ritual, deixe toda a fumaça sair do ambiente, abrindo janelas e portas.

Faça essa purificação energética ao menos uma vez na semana, assim você garante a energia de paz e harmonia por um período maior.

Sarita Mukani
Eugenio Carlos

Similar Posts